Pontes para o mundo offline

Hoje em dia é tão normal mandar e-mail para os amigos, família, falar pelo MSN, pelo Skype… as distâncias são vencidas instantanemente com a ajuda da Internet. Se as crianças agora já nascem dentro de um ambiente digital, e acham essa forma de comunicação muito natural, para muitas pessoas de gerações mais antigas o motivo que as fez vencer a resistência e dedicar um belo esforço para se familiarizar com essa tecnologia nova foi a possibilidade de comunicação com filhos, sobrinhos e netos vivendo longe. Ao invés de esperar meses por notícias, assim é possível ver fotos, vídeos, ler relatos de histórias que aconteceram há poucos dias ou horas.

lenara_tiadina

Mas o que fazer com aqueles parentes que ainda resistem (ou não têm condições) e continuam alcançáveis apenas pelo mundo analógico dos átomos? A um hemisfério de distância dos meus parentes, eu pensava semana passada: como mandar notícias e fotos para minha tia-avó, que tem mais de 80 anos, e ao contrário do resto da família, não tem computador e muito menos e-mail? Confesso que pensei em imprimir uma carta, ir até o correio, pagar a postagem internacional, esperar duas semanas até a carta ser entregue… mas me pareceu que deveria haver uma opção mais fácil e rápida, que se aproximasse mais do instantâneo mundo digital. E há. Após uma breve pesquisa, optei pelo serviço de carta pela Internet, oferecido pelos Correios. Dá pra mandar uma carta de aproximadamente uma página, com opção de escolher a fonte e tamanho em que será impressa. O texto segue por carta registrada e em 2 ou 3 dias chega ao destino. Infelizmente eles não imprimem fotos, mas para isso existem outros serviços. Por certa de 60 centavos por foto, as empresas recebem os arquivos pela Internet, imprimem e entregam no endereço indicado, também em poucos dias. São muitas as opções, é só fazer uma busca por “revelação digital” e escolher o que mais agradar.

Agora só me resta encontrar um serviço que vá até a casa da minha tia-avó, escreva a carta que ela ditar e envie por email. Ah, e tire umas fotos também. A artrite impede ela de usar computador, mas há alguns anos atrás conseguimos que ela pegasse no mouse e criasse um desenho digital. Achei ele nos meus arquivos, até que não está ruim :)

tiadina_desenho_apocrifo

*publicado originalmente no blog da Maria Cultura.

Anúncios

2 comentários sobre “Pontes para o mundo offline

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s